Água e energia: recursos necessários e desvalorizados

É cada vez mais frequente ouvir sobre a falta de água e energia no Brasil. Seja em regiões áridas ou litorâneas, o desperdício desses dois recursos é ameaçador para o meio ambiente.

Para se ter uma ideia, o estado de Santa Catarina ultrapassou o consumo de água recomendado pela ONU em 2017. Segundo a organização, o consumo médio adequado por catarinense seria de 110 litros diários; a pesquisa aponta que esse número é maior: chega a 153 litros.

Já no consumo de energia elétrica, Santa Catarina também apresentou um crescimento: 3,5% no terceiro trimestre de 2017. Os dados são da Celesc, maior empresa de distribuição de energia do estado. Segundo Estela Benetti, jornalista do Diário Catarinense, a taxa representa um valor positivo para o estado. Até que ponto, no entanto, é positiva para o meio ambiente?

A Casan e a Celesc fazem o alerta constante desses recursos tão necessários e, infelizmente, tão desvalorizados. Confira algumas dicas das instituições logo abaixo, e saiba como economizar água e energia na sua casa.

Casan: saiba como usar a água

Existem inúmeras maneiras de fazer o uso correto da água. A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento, Casan, investe em campanhas de conscientização com esse objetivo. Algumas das principais dicas sugeridas pela organização são:

  • Reduzir o tempo no chuveiro: 15 minutos de banho consomem até 135 litros de água;
  • Mantenha a torneira fechada ao escovar os dentes, fazer a barba etc;
  • Evite usar água corrente: ao lavar a louça, abra a torneira para fazer apenas o enxágue. No caso de roupas, lave elas em tanques;
  • Água não é vassoura: ao limpar a casa (cômodos, calçadas, paredes), varra e retire a sujeira. Após esse procedimento, utilize baldes com água para completar a limpeza;
  • Reaproveite a água para outros fins;
  • Utilize equipamentos que economizem água: empresas de materiais hidráulicos e cerâmicos possuem tecnologias que ajudam a diminuir o consumo excessivo do recurso.

Para mais dicas e informações, acesse o site da Casan.

Celesc: economia de energia elétrica

Empresa de distribuição de energia elétrica, Celesc
A Celesc disponibiliza um serviço gratuito e online para analisar, em tempo real, o fornecimento de energia na região. Confira clicando aqui. (Foto: Divulgação)

Pequenas ações podem ser gigantescas para a economia de energia. Não somente um método para diminuir os custos nas casas brasileiras, também é uma forma de cuidar do meio ambiente. Confira as sugestões da Celesc!

Lâmpadas – 15% do consumo em uma residência
  • Evite a utilização delas durante o dia. Prefira luz natural;
  • Opte por lâmpadas leds ou fluorescentes.
Refrigerador/Freezer – consumo de até 22%
  • Faça a instalação do eletrodoméstico em locais ventilados, longe de paredes e fora do alcance da luz solar ou ambiente quentes;
  • Não utilize as grades atrás do móvel para secar roupas;
  • Não abra a porta dele sem necessidade.
Computador
  • Se não estiver utilizando o aparelho, utilize a opção “suspender”.
Ar condicionado
  • Opte por desliga-lo 30 minutos antes de deixar o ambiente.
Televisão
  • Não basta apenas desligar a TV quando não a estiver usando: é necessário desligar todos os aparelhos que possibilitam o funcionamento do equipamento.

A Celesc também disponibiliza materiais educativos e auxiliares para ajudar na preservação de energia e do seu uso seguro. Para ter acesso aos conteúdos, é só acessar a página da Eficiência Energética – clique aqui.

Texto: Állison de Souza