Doação de sangue: método indispensável para salvar vidas

Diariamente, ocorrem milhares de acidentes, cirurgias e procedimentos que exigem transfusão de sangue. Os portadores de hemofilia, anemias e leucemia também necessitam de transfusões. Além de funcionar como um transportador de substâncias extremamente importante para o funcionamento do corpo, boa parte da defesa do organismo está vinculada ao sangue. Há tipos sanguíneos que são mais difíceis para ser adquiridos, dificultando o banco de sangue no momento em que necessita auxiliar as pessoas que estão precisando. Desta forma, a doação é indispensável, pois é com ela que o estoque se mantem alto e mais vidas são salvas.

Há três modos de ser doado, sendo dividido entre a doação espontânea feita de modo altruísta, sendo uma atividade solidária, a doação vinculada quando almeja ajudar algum paciente e a doação autóloga quando doa para si mesmo. Aos interessados em doar, todavia, é preciso prestar atenção em alguns critérios. Entre eles, vale destacar os seguintes:

– Poderão doar sangue as pessoas entre 16 e 69 anos;
– Será preciso estar com boas condições de saúde;
– O peso precisa ser superior a 50 quilos;
– Menores de idade precisarão comparecer nas unidades de coleta acompanhados dos pais ou responsáveis no momento da doação.

Na cidade de Tubarão a Unidade de Coleta é o Hemosc. Em entrevista concedida ao veículo Diário do Sul, Cláudia Lima, do setor da capacitação do Hemosc, explica que o processo é simples e leva de 30 a 40 minutos ao todo. Os candidatos realizam um cadastro, uma pré-triagem e um questionário, e depois passam por uma triagem clínica. A doação leva de cinco a dez minutos e, ao terminá-la, o doador recebe um lanche para repor suas energias antes de ser liberado. Há aspectos que impedem que doadores façam doações, como quem realizou cirurgia, exame invasivo ou fez recentemente uma tatuagem.

A comunidade precisa estar atenta quanto os períodos permitidos à doação, pois as mulheres precisam ter um intervalo de 90 dias antes de fazer uma nova doação, enquanto os homens necessitam do período de 60 dias para realizar mais uma doação. Uma das principais preocupações do Ministério da Saúde é de manter os estoques de sangue abastecidos e, por conta disto, desde o mês passado estão convocando a população para fazer as doações.

O coordenador da área de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, Flávio Vormittag, expôs no chamamento à doação no site do Ministério que “ainda não há um tipo de medicamento que possa substituir a doação de sangue”. Logo, quem precisa, só consegue graças à generosidade de quem doa. Por isso, o importante é doar regularmente.

Em Tubarão, a Unidade de Coleta do Hemosc funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 12h30, e fica localizada na rua Santos Dumont, no Centro da cidade. É possível agendar a sua doação até mesmo pelo site da Unidade. Faça a sua parte e ajude a salvar vidas!

Texto: Christina Búrigo