Doutores da Alegria: pequenos instantes se tornam lembranças mágicas

Na maioria das vezes a apreensão e a preocupação tomam conta do ambiente hospitalar. No entanto, há quem esteja disposto a mudar esse quadro. A humanização hospitalar é um assunto muito debatido atualmente, mas há bastante tempo existem pessoas colocando em prática trabalhos que auxiliam nessa área. Com o objetivo de trazer distração, por meio da música e da arte, em 1991 foi fundada no estado de São Paulo a associação Doutores da Alegria. A ideia central do projeto é propor a arte como uma das necessidades básicas para o desenvolvimento digno do ser humano.

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que sobrevive por meio do trabalho voluntário e doação financeira de empresas que apoiam o projeto. Eles visitam hospitais que realizam tratamento contra o câncer infantil, afim de inserir a arte do palhaço no universo da saúde.

Em 2005, eles lançaram um filme chamado “Doutores da Alegria: O filme”.  Os voluntários rodaram o Brasil visitando hospitais e dando auxilio às crianças em estado de vulnerabilidade social. Foram premiados diversas vezes, inclusive internacionalmente, pelo trabalho prestado.

Além destas ações, a instituição possui também uma escola, onde ensinam aos alunos as mais diversas técnicas sobre a máscara do palhaço. Lá, os artistas são preparados para atuarem em diversos palcos, onde as escolhas os levarem.

Texto: Kauana Mulinari