Um exemplo de empreendedorismo feminino

Ana Cristina Huber no prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2017.

Depois de décadas de esforço individual e coletivo a figura feminina começou a ter participação econômica em nosso país, mostrando assim o potencial cada vez maior da mulher para o empreendedorismo. A professora da Unisul e personal trainer, Ana Cristina Huber, foi premiada como a melhor Microempreendedora de Santa Catarina pelo prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2017.

Ana foi uma das 166 catarinenses inscritas na iniciativa, que visa reconhecer e valorizar histórias de mulheres que são exemplos para o empreendedorismo brasileiro. Aspectos como gestão de marketing, inovação, visão de futuro, perseverança e superação de desafios, foram alguns dos critérios avaliados para a escolha das premiadas. A premiação é dividida em duas etapas: estadual e nacional.

A professora da Unisul foi a que obteve a melhor qualificação na categoria Microeempreendedora Individual (MEI) no estado. “Fiquei bem feliz em saber que o meu modelo de negócio pode servir de inspiração para outras mulheres. Que outras mulheres possam se espelhar no meu trabalho e também acreditar na força que elas têm, na competência, na capacidade que possuem enquanto empreendedoras”, destaca.

Segundo Ana, ser um personal trainer não se restringe apenas a entender de técnica de treinamento. Ela acredita que, aliado ao conhecimento esportivo, para se ter um diferencial empreendedor é preciso também levar em consideração mais três pontos. “Um bom relacionamento com o cliente, procurando entender suas necessidades e de como gosta de ser treinado. Entender também de gestão de negócios e marketing são pontos muitos importantes também para o trabalho de qualquer profissional, principalmente para o personal trainer”, finaliza.

Por Kamila Melo Mendonça