Game Of Thrones chega em sua última temporada cheia de sucessos

Após uma pausa de dois anos, no dia 14 deste mês os fãs de Game of Thrones iniciaram uma nova temporada do que se tornou um grande evento televisivo acompanhado no mundo todo. A série foi adaptada sobre os volumes da série As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R Martin e na TV é produzida desde 2011 pela HBO comandada pelo diretor David Benioff e D.B Weiss.

Nesse oitavo ano de exibição e finalização, a série medieval fantasiosa levantou muitas teorias. A legião de fãs que acompanham a série desde o seu primeiro episódio pode acompanhar seus personagens crescerem como atores e como personagens dentro da série, foi possível acompanhar amores impossíveis, cenas cômicas, batalhas sangrentas e mortes violentas. Game Of Thrones entrou para o Guinnes Book sendo a série mais pirateada do mundo e nem as alternativas da plataforma HBO, HBO GO foram suficientes para conter esta onda de pirataria. O que atesta mais uma vez o sucesso da série.

Para resolver as questões abertas em todas as outras sete temporadas, há pouco tempo. O espaço para cada episódio é curto e as histórias requerem desdobramentos, ainda mais com um público cada vez mais exigente. Não está fácil escolher um personagem favorito entre todos os sobreviventes e possíveis herdeiros do trono de ferro.

Mesmo com um público crítico e exigente, a HBO já saiu vitoriosa com a franquia de Game of Thrones. Nesses anos de produção e reprodução foi a série que mais faturou prêmios na história do Emmy, somando quase 40 troféus, além de ser recordista também com o número de indicações nesta mesma cerimônia. A série também é dona da maior transmissão simultânea do mundo, sendo exibida atualmente em 186 países, um retorno que dá a HBO cerca de 1 bilhão de dólares anualmente, garantindo o orçamento de cerca de 15 milhões de dólares por episódio para esta oitava temporada, se tornando uma das mais rentáveis, mas também uma das mais caras da TV.

Texto: Laura Fonseca