Uma doação de sangue pode salvar até quatro pessoas

Sabe-se que uma a cada três pessoas precisará de doação de sangue, mas em contrapartida até quatro vidas podem ser salvas como uma doação de sangue. No Brasil, apenas 1,8% da população é doadora de sangue. A meta da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de que esse total seja acima de 1%, mas o desejável é atinja cerca de 3% da população. Para isso acontecer cada um precisa fazer a sua parte e doando sangue.

Em Santa Catarina as doações de sangue são feitas nos centros de captação do Hemosc que é a instituição que coordena a Hemorrede Pública do Estado. Ela é composta por seis Hemocentros Regionais, sendo eles localizados em Lages, Joaçaba, Chapecó, Criciúma, Joinville, Blumenau e mais duas unidades de coleta localizada nas cidades de Jaraguá do Sul e Tubarão.

Doação de Sangue

A doação ocorre de maneira tranquila e é totalmente segura. São retirados aproximadamente 450ml de sangue através da inserção de uma agulha no braço. A coleta é feita por profissionais capacitados e dura menos de uma hora para ser realizado.  Doar sangue não dói e nem prejudica a saúde, já que o volume retirado não ultrapassa 10% da quantidade total de sangue do doador.

Estima-se que se a população apta a doar realizasse doações de sangue pelo menos duas vezes ao ano, os Hemocentros teriam estoques de sangue suficiente para atender a população. Homens podem realizar doações de sangue com intervalos de 60 dias, o que resulta em quatro doações em um ano. Enquanto as mulheres podem doar sangue a cada 90 dias que resulta em um total de três doações no ano.

Como doar sangue?

Em Tubarão, há uma unidade de coleta de sangue do Hemosc que funciona de segunda à sexta das 7h30 às 12h30. Para realizar a doação é necessário que a pessoa apresente documento de identidade com foto emitido por um órgão oficial e que atenda a alguns requisitos como:

  • Ter idade entre 18 e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Doadores com idade de 16 e 17 anos de idade, são aceitos para doação mediante a presença e autorização formal dos pais e/ou responsável legal;
  • O limite de idade para primeira doação é de 60 anos;
  • O candidato à doação deve estar em boas condições de saúde, sem feridas ou machucados no corpo;
  • Pesar acima de 50 kg (com desconto de vestimentas);
  • Ter repousado bem na noite antes da doação;
  • Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas, nas 4 horas que antecedem a doação;
  • Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas;
  • Responder a um questionário apresentado no local de doação;
  • Demais recomendações podem ser acessadas aqui.

É possível realizar também o agendamento da doação por meio do telefone (48) 3621-2405 ou de maneira online através do site do Hemosc.

Texto: Bianca Selhorst