Vivendo em quarentena: Como viajar sem sair de casa

Com o turismo suspenso por causa da COVID-19, as telas da TV, computadores e celulares se tornam a única opção de viagem para quem pode e deve ficar em casa

A pandemia do novo coronavírus colocou o mundo de quarentena, cancelando aulas presenciais, transferindo o trabalho para a casa e transformando o mercado no único lugar para passear nos próximos meses. O isolamento social atrapalhou a agenda de todo mundo, fazendo com que muitas pessoas tivessem que cancelar, adiar ou reprogramar seus próximos planos. Um levantamento da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional) mostrou que só no mês de março 85% das viagens foram canceladas em todo o país. 

Ficar confinado em casa por tempo indefinido não deixa muitas alternativas para preencher o tempo, ainda mais em uma situação em que ficar ocioso significa dar atenção e pensar em todas as informações cada vez mais preocupantes que são despejadas dos noticiários diariamente. Para se ocupar e evitar o pânico e a ansiedade que a situação gera, muitas pessoas estão recorrendo às maratonas de filmes e séries que todas as plataformas de streaming podem oferecer. 

Viajando através das telas

Já que os planos para uma viagem não poderão acontecer tão cedo, o jeito será recorrer aos audiovisuais para embarcar em aventuras e novas experiências em diferentes destinos mundo afora. Para Andrey Cardoso a melhor forma de explorar vários lugares do planeta é maratonar as duas temporadas da série Sense8. Contando a história de um grupo de oito pessoas que vivem em diferentes partes do mundo, mas que podem se conectar mentalmente, a série é uma oportunidade de conhecer vários países de uma vez só. 

Além de Sense8, Jumper também oferece uma viagem a vários países do mundo reunidos em apenas um filme. Com a habilidade de se teletransportar para onde imaginar, o protagonista usa esse dom para “pular” por vários lugares do globo. Mas, para conhecer melhor um país e se aprofundar em sua cultura, o Danilo Pereira Domingos recomenda a série Master of None, que apesar de ser norte americana, no final da segunda temporada reproduz a Itália ao ponto de os episódios mudarem do inglês para o italiano. “É muito legal esse embarque cultural, é uma série que me inspira muito. Até comecei a estudar o idioma”, conta Danilo. 

Roma, capital da Itália, serviu de inspiração para diversas produções cinematográficas. (Imagem: Pixabay)

Com suas belas e clássicas paisagens, a Itália é inspiração para muitos filmes. O romance Cartas para Julieta despertou em Yarin Alves o desejo de conhecer Verona, a cidade em que Sophie, protagonista do filme, visita e vive uma aventura de amor. Enquanto o suspense e drama policial Anjos e Demônios, que se desenrola em uma investigação a uma antiga irmandade, encantou Heloise Machado e instigou sua curiosidade em conhecer o Vaticano, em Roma.

A cinco horas de trem de Roma está a Grécia, outro destino encantador que tem sido palco de diversos filmes. Um dos mais famoso é Mamma Mia! uma combinação de músicas icônicas com lindas paisagens gregas. Ainda na Europa, a série Game of Thrones fez sucesso não apenas pela sua história surpreendente, mas também pela sua super produção. Sendo uma das maiores e mais premiadas da TV, a série conta com cenários em diversos países como Croácia, Islândia, Irlanda do Norte, Escócia, Espanha, entre outros.

Espanha, que também protagonizou outra grande série de sucesso, La Casa de Papel, é a indicação de Larissa Da Rolt, que por causa da série quer conhecer o país e principalmente a Casa da Moeda. Na série, o lugar é alvo do maior roubo da história planejado por nove habilidosos ladrões. De Madri para Londres, os sete filmes da prestigiada série Harry Potter oferece uma viagem, não apenas ao fantástico mundo bruxo, como também à cultura britânica e a alguns pontos da capital da Inglaterra que, depois do sucesso da saga, viraram um dos principais destinos turísticos da cidade. 

A fã de Harry Potter Isabel Silva conta que também viajou e se encantou com a série Anne with na E. A estória propõe uma viagem no tempo para o Canadá de 1890, onde a órfã Anne tem sua vida transformada ao ir morar com sua nova família adotiva. “O lugar que ela mora é lindo e inspirador e fiquei com muita vontade de conhecer. Me faz viajar em pensamentos e a forma como ela sonha nos desperta vontade de sonhar também”, explica Isabel. 

Prince Edward Island (Ilha do Príncipe Eduardo) é uma das províncias canadenses que serviram de locação para as gravações da série Anne with an E (Imagem: Pixabay)

Mais para baixo, na América do Norte, os Estados Unidos têm um catálogo extenso de filmes e séries que faz com ele seja líder na indústria cultural e cinematográfica no mundo todo. Não à toa ele é sempre um dos destinos mais procurados para viagens. Dentre seus muitos sucessos vale destacar as indicações de Maria Eduarda Ramos, que queria poder conhecer o Lago de Ozarks, no estado do Missouri, onde se passa a série Ozark. Apesar do cenário calmo, envolve uma trama com tráfico de drogas. Já Letícia Morais recomenda o filme Se beber não case. A jovem diz ter vontade de viver as mesmas loucuras em Las Vegas que o trio de amigos protagonizam em um tour muito divertido pela cidade do pecado. 

Da América à Ásia 

Com a proximidade da Páscoa, uma data religiosa, muitos podem querer reforçar sua conexão com a fé, principalmente nesse momento difícil. Para isso a sugestão da Lara Silva é a série Maria Madalena. Narrando a vida de uma das mulheres mais citadas na história Bíblica, ela faz uma viagem por lugares significativos da Terra Santa.

Nada melhor para conhecer culturas diferentes do que explorar os recursos culturais de outros continentes. Luiza de Godoy Franco se apaixonou pela cultura sul coreana depois de assistir a série (ou dorama como é conhecida na Coreia do Sul) Mulher forte Do Bong-soon. “Achei bem legal porque não conhecia outras culturas. Depois que assisti esse dorama aprendi bastante coisa e me estimulou a conhecer mais da cultura coreana, me despertando a vontade de viajar para outros países”, afirma Luiza. 

Confira abaixo as plataformas onde os filmes e séries mencionados na matéria estão disponíveis:

Sense8 – Netflix

Jumper – Amazon Prime Video

Master of None – Netflix

Anjos e Demônios – Amazon Prime Video

Cartas para Julieta – TelecinePlay

Mamma Mia! – Netflix

La Casa de Papel – Netflix

Saga Harry Potter – TelecinePlay

Anne with an E – Netflix

Ozark – Netflix

Se Beber, Não Case – Amazon Prime Video

María Magdalena – Netflix

Game of Thrones – HBO

—————————————————-

Texto: Beatriz Godoy

Imagens: Pixabay e Flickr

Confira mais matérias da editoria de TURISMO.