Fecam orienta para que os municípios informem aos imigrantes sobre o coronavírus

Em alguns municípios catarinenses ainda se encontram haitianos, senegalezes e venezuelanos circulando nas ruas. Diante desta situação a Federação Catarinense de Municípios (Fecam) orienta os municípios a comunicarem, em linguagem acessível – creolo, espanhol e inglês para que neste período fiquem também recolhidos em casa, garantindo assim a prevenção do alastramento do Coronavírus em Santa Catarina.

A Fecam alerta para que os municípios procurem e identifiquem em suas regiões, entidades e universidades que tenham experiência no trabalho com os Haitianos e demais imigrantes, para fortalecerem as parcerias e atuarem de forma conjunta.

A Sociedade Beneficente Cultural Brasil Haiti, pode colaborar com orientações: (48) 99828-4194 ou (48) 984804194. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social, por meio da Diretoria de Direitos Humanos, está atendendo nos contatos: geiri@sst.gov.br, direitoshumanos@sst.sc.gov.br

Com informações e arte da Fecam