Onde descartar seu lixo eletrônico em Tubarão

Atualmente vivemos cercados de lixo eletrônico e a maioria desse lixo não é descartado corretamente. O descarte incorreto desse lixo pode ocasionar grandes problemas para o meio ambiente e também para os seres humanos. O mundo em 2016 gerou mais de 44 milhões de toneladas de lixo eletrônico, e apenas 20% desse lixo foi descartado corretamente e reciclado, e em alguns anos essa quantidade pode passar de 50 milhões, segundo dados da Global E-waste Monitor, elaborado um relatório pela Universidades das Nações Unidas (UNU).

Computadores, por exemplo, possuem substâncias tóxicas como o mercúrio que deteriora o sistema nervoso, o chumbo que provoca alterações genéticas e cádmio que provoca câncer de pulmão. Outras substâncias tóxicas estão presentes em lixos eletrônicos, como aparelhos celulares, tablets notebooks, impressoras e câmeras fotográficas. Aparelhos eletrodomésticos também entram nesse tipo de lixo, como: batedeiras, cafeteiras e etc. Para conferir a lista de outros aparelhos que entram nessa categoria, acesse.

Uma solução para o descarte desse lixo é entrar em contato com o próprio fabricante, eles podem e devem fazer o descarte correto para esse lixo. Alguns produtos entram na Lei de Resíduos Sólidos, sancionada e em vigor atualmente no país. Existem coletas específicas nas maiorias das cidades para esse lixo, a maior parte é reciclada e reutilizada, para conferir se existe algum posto de reciclagem na sua região, temos o site eCycle, ele viabiliza e facilita esse processo.

Na região de Tubarão, o recolhimento de lixo eletrônico é feito em lojas de celulares e alguns supermercados, segundo a Prefeitura de Tubarão. A Funat na Vila Moema também auxilia no descarte desse lixo. Para entender melhor o que acontece o lixo eletrônico, o site eCycle mostra passo a passo desse processo de reciclagem.

Texto: Jean Domiciano