Pocket Magazine – 8ª edição

Os perigos da rememoração do passado, proporcionado pela cibercultura e pela pós-modernidade, criou indivíduos que procuram no arcaico um sentimento redentor. A ideia de que as coisas eram melhores e, que o presente e o futuro são nebulosos e cheios de enganos, mostra-se perigosa. Partindo desse contexto a matéria principal dessa edição busca entender a nova cara do conservadorismo que assombrou o mundo. São tempos difíceis para os sonhadores.

Deixe um comentário